Candidata a vereadora é presa com 900 quilos de maconha


Cássia, de 28 anos, foi presa em flagrante acusada de tráfico de drogas. Ela se candidatou como vereadora na cidade de Aral Moreira, no Mato Grosso do Sul. Mas recebeu apenas 45 votos e ficou como suplente.

No esquema criminoso, Cássia funcionava como “batedor”, responsável por abrir passagem de carro. Ela ia na frente para ver se o caminho estava livre de fiscalização.

Além dela, a polícia também prendeu Flávio, um comparsa. Com eles, foram apreendidos 900 quilos de maconha.

Veja o vídeo: 

                

Por Redação GN | Fonte: FN
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: