Morre, aos 39 anos, a professora de Radiojornalismo da UFRB

A professora de Radiojornalismo da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Rachel Neuberger, de 39 anos, morreu na noite desta quarta-feira, 18. Ela lutava contra a leucemia e chegou a passar por transplantes, mas não resistiu.

Rachel era uma das professoras mais queridas dos estudantes de Jornalismo e Publicidade, colegas e servidores e deixou um legado nas graduações e na vida de muitos estudantes, que se despediram da professora com mensagens nas redes sociais.

“Sobre Rachel Neuberger ficam as boas lembranças, os ensinamentos e o cuidado que teve com cada um de nós. Sou profundamente grato por ter sido seu aluno e orientando. O mundo seria muito melhor se houvessem mais pessoas como você, postou um dos alunos no Facebook.

Por Redação GN | Fonte: Informativo Olha Pititinga
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: