“Meu pa* te ama” pode render punição a cantores no carnaval, alerta MP


Hit em todo Brasil, a música “Me Deu Onda”, do cantor Mc G15, pode render punição a cantores e bandas que foram contratadas com dinheiro público no Carnaval de Salvador e tocarem a versão “proibidona” da música.

Na composição, um homem fala que não precisa fumar maconha e que o órgão genitor dele ama a mulher. “A promotoria não vê apologia às drogas e nem incitação à violência. O que pode acontecer é que existe a lei antibaixaria e os cantores que tiverem contratos públicos e tiverem queixas, podem ser encaixados nesta lei”, disse a promotora Márcia Teixeira, segundo a assessoria do Ministério Público da Bahia.

Confira a música: 

                

OUTROS CARNAVAIS – No carnaval do ano passado, o cantor Bell Marques assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) junto ao Ministério Público da Bahia (MP-BA) e mudou a letra da música de trabalho, "Cabelo de Chapinha".

A composição causou polêmica nas redes sociais sob acusação de racismo.

Por Redação GN | Fonte: Bocão News
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: