História de MC Beijinho, do hit “Me libera nega”, pode virar filme


A vida do MC Beijinho, que estourou recentemente com o hit “Me libera nega”, uma das candidatas à música do Carnaval 2017, pode virar filme. O cineasta Chico Kertész, dirigiu o filme ‘Axé: Canto do Povo de Um Lugar’ e também o clipe de 'Me Libera Nega', está registrando todos os passos do artista baiano.

Atualmente, Beijinho, cujo nome é Ítalo Gonçalves, se divide entre a produção do primeiro disco, ainda sem data de lançamento, e as gravações do material que pode virar um filme sobre sua vida.

Kértesz acompanha a trajetória do MC desde o episódio que o deixou famoso, quando foi revelado ao ser preso e cantar seu hit ao vivo durante o Balanço Geral Tarde no fundo de uma viatura.  "Estou captando imagens, vou acompanhá-lo durante o Carnaval e vamos ver onde a história dele vai chegar. Ele tem muito talento e muita música boa.", disse ao UOL.

Depois de viralizar na internet, a música virou febre no verão baiano e começa a conquistar o Brasil pelo repertório de artistas como Luan Santana, Claudia Leitte, Wesley Safadão e Caetano Veloso, que atendeu a pedidos feitos nas redes sociais e incluiu uma versão voz e violão em sua nova turnê.

O clipe oficial, lançado no fim de dezembro, já contabiliza quase 2 milhões de visualizações no YouTube e já tem produção da Fit Dance. A pouco menos de um mês do Carnaval, ele tem participação confirmada nos trios de Daniela Mercury e de Bell Marques, seu maior ídolo.

Por Redação GN | Fonte: UOL
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: