Deputado quer proibir acesso a sites pornográficos no Brasil


Um projeto inusitado e polêmico, que visa proibir o acesso a sites pornográficos e conteúdos de sexo virtual, tramita na Câmara dos Deputados. A proposição é de autoria do deputado federal pelo DEM de São Paulo, Marcelo Aguiar, que entrou na “briga” contra a masturbação.

Segundo a coluna do jornalista Lauro Jardim, do O Globo, o parlamentar apresentou o projeto à Câmara propondo que as operadoras telefônicas criem uma maneira de vetar "conteúdos de sexo virtual, prostituição e sites pornográficos".

Na justificativa ao projeto, Aguiar diz que há "viciados em conteúdo pornô e na masturbação”.  "Estudos atualizados informam um aumento no número de viciados em conteúdo pornô e na masturbação devido ao fácil acesso pela internet e à privacidade que celular e o tablet proporcionam.

Conforme ele, “os jovens são mais suscetíveis a desenvolver dependência e já estão sendo chamados de autossexuais – pessoas para quem o prazer com sexo solitário é maior do que o proporcionado, pelo método, digamos, tradicional”.

Por Redação GN | Fonte: Bocão News
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: