Um morre depois que lancha com 14 pessoas vira na Península de Maraú


Uma lancha com 14 pessoas virou na tarde desta quinta-feira (29), na região da Ilha de Quiepe, na Península de Maraú, sul da Bahia. O turista Benedito Luiz Alves Dias, 63, residente de Campinas (SP), morreu afogado. Uma outra vítima sofreu hipotermia e está internada em um hospital de Ilhéus.

De acordo com a Delegacia de Polícia de Maraú, a embarcação "Xuxete" partiu de Barra Grande, sul do estado, para fazer um passeio pela Península de Maraú e perdeu o equilíbrio após ser atingida por duas ondas, por volta das 10h da manhã. A lancha era comandada pelo marinheiro Pelé. Havia bote salvas-vidas, mas os ocupantes não conseguiram utilizá-los a tempo.

Os passageiros ficaram cerca de duas horas e meia à deriva no mar, em cima dos bancos, aguardando um resgate. Eles foram socorridos por uma outra lancha, dois barcos de pesca e uma catraia.
De acordo com o Comando do 2º Distrito Naval, a Capitania dos Portos da Bahia deslocou, de Valença para a cidade de Camamu, uma equipe de inspetores navais para apurar informações sobre o acidente e prestar apoio às vítimas.

Os sobreviventes voltaram para Mar Grande e estão hospedados na pousada Barra Bela. As causas e responsabilidades pelo ocorrido serão determinadas em Inquérito Administrativo instaurado pela Marinha do Brasil.

Por Redação GN | Fonte: G1
Compartilhe no G+

Editor Chefe: GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do Portal GN; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor da mensagem.

0 comentários: