Desempregada encontra carteira com R$ 3 mil e devolve ao dono em Jacobina


Valdecy dos Santos Oliveira, de 35 anos, que está desempregada há 10 meses, achou uma carteira com R$ 3 mil no meio da rua e, após uma um dia de procura, a devolveu ao seu dono, em Jabobina. José Carlos Elias dos Santos, conhecido como Kaká, teria perdido a carteira com a quantia e os documentos na quinta-feira, 22, e, graças a Valdecy, conseguiu recuperar na sexta, 23.

Para o Portal A Tarde Valdecy descreveu, na manhã deste domingo, 25, como tudo aconteceu: "Eu ia descendo a rua da Ladeira Vermelha, aqui do bairro do Tamarindo, quando olhei na estrada e vi a carteira. Eu peguei e vi que ela não fechava. Voltei para casa, tirei uma foto da identidade e procurei a rádio. Mas não tive resposta. Então procurei o site o Augusto Urgente para ajudar a encontrar o dono. Mas em nenhum momento contei o dinheiro da carteira. Eu soube depois, pelo próprio Augusto que a quantia era de R$ 3 mil".

Valdecy conta que não teve curiosidade para saber a quantia por conta da educação que recebeu da mãe.  "Não tive curiosidade por que é uma questão de ética. Minha mãe me criou assim. Sempre fui humilde, mas nunca passei necessidades. Minha mãe costumava dizer: você pode encontrar ouro em pó, mas só queira o que é seu. Só queira o que for fruto do seu trabalho."

"Fiquei normal, por que assim, se eu não quisesse devolver ninguém ia saber que foi eu que encontrei. Mas independente de ser mil, dez mil, dez ou um real, se não é meu, tenho que devolver. Foi assim que eu aprendi", disse.

Como recompensa, Valdecy pede apenas um novo trabalho: "Olha, eu falei com Deus e ele sabe do meu coração. Eu disse que se ele quiser me retribuir, que seja com o trabalho".

Valdecy conhecia José Carlos  apenas de vista, pois já tinham trabalhado em uma mesma empresa de Jacobina. Mas ela não sabia o endereço dele.

"Quando ele veio na sexta de manhã, ele chegou abatido. Ele disse que não tinha dormido. Quando olhei na cara dele, ai nos abraçamos, ele pegou em minha mão e me gradeceu muito"

Descontraída, Valdecy fala sobre seu "dia de fama": "em Jacobina a feira é dia de sábado. Aí, quando eu fui, muita gente ficou me abraçando. Teve um homem que quase chorou. Aí, todo lugar que eu chego as pessoas falam que agi bem."

De acordo com informações do site do Augusto Urgente, o dinheiro perdido tinha sido arrecadado para a Festa de Solteiros e Casados, que acontece todos os anos no feriado de Natal, em Jacobina.

Valdecy recebeu uma quantia de R$ 200 e uma camisa para a festa, que acontece neste domingo, aonde será homenageada pelo gesto de honestidade.

Por Redação GN | Fonte: A Tarde
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: