Bahia tem perda de 7,5 mil empregos formais; número é o pior do Nordeste


Um levantamento divulgado pelo Ministério do Trabalho, na última quinta-feira (29), revelou que a Bahia teve o pior desempenho do Nordeste quando o assunto foi desemprego. Somente em novembro, o estado perdeu 7.547 postos de trabalho com carteira assinada. Pernambuco e Maranhão aparecem na sequência. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Entre os meses de janeiro e novembro, houve redução de 50.912 postos no estado. No acumulado de 12 meses — entre dezembro de 2015 e dezembro deste ano —, 72.081 postos foram perdidos. O Caged só considera os empregos com carteira assinada, ao contrário dos números apresentados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) com a Pnad Contínua.

Por Redação GN | Fonte: Metro1
Compartilhe no G+

Editor Chefe: GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do Portal GN; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor da mensagem.

0 comentários: