Rogério Micale recusa clube e vai dirigir a seleção para Tóquio-2020


Rogério Micale, técnico campeão do torneio de futebol dos Jogos Olímpicos do Rio-2016, aceitou o novo projeto que vai comandar na CBF: preparar uma equipe Sub-23 no ciclo até Tóquio-2020. O treinador acertou com o comando da Confederação os detalhes do novo contrato.

Micale saiu valorizado da conquista da medalha de ouro. Vai receber aumento da CBF. Ele foi procurado por equipes do Brasil, mas recusou as ofertas. Motivo: quase todas falaram em assumir times com problemas no meio do Campeonato Brasileiro. Sem um projeto em longo prazo, Micale decidiu não aceitar.

Ele tem em mãos ainda propostas de clubes do exterior.

O primeiro objetivo é iniciar o próximo ciclo olímpico aproveitando alguns jogadores que estiveram no grupo campeão do Rio: Thiago Maia e Gabriel Jesus são dois exemplos citados por Micale. No início de 2017, o Brasil participa do Sul-Americano Sub-20 que será disputado no Equador. O objetivo é conseguir vaga no Mundial da categoria que será jogado na Coreia do Sul.

"Estou contente. Existe um trabalho a ser feito para esta seleção Sub-23 até os Jogos Olímpicos do Japão. Já existe uma base na Sub-20", falou.

Por Redação AEC | Fonte: ESPN
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: