Lava Jato deve durar mais dois anos, prevê força-tarefa


A Lava Jato deve durar por pelo menos mais dois anos, segundo prevê o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, articulador da força-tarefa. A investigação, que começou em março de 2014, acumula cerca de 170 prisões decretadas até agora.

Porém, de acordo com o jornal O Globo, o julgamento de políticos com mandato deve demorar um pouco mais. Ao menos 54 parlamentares estão envolvidos nas fraudes e no recebimento de propina da Petrobras. Entretanto, apenas dois deles viraram réus no Supremo: o famoso Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e Nelson Meurer (PP-PR).

“Uma etapa é investigar, outra é transformar em denúncia e apresentar à Justiça. E a quantidade de denúncias que temos a fazer é grande”, disse o procurador ao Globo.

Por Redação GN | Fonte: Notícias ao Minuto
Compartilhe no G+

Editor Chefe: GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do Portal GN; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor da mensagem.

0 comentários: