Família se desespera ao ter casa demolida em Vitória da Conquista


Uma família moradora da cidade de Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia, teve a casa demolida por um trator e não tem suspeita de quem pode ter sido o autor do crime. A polícia investiga o caso.

A casa foi toda destruída e apenas algumas paredes ficaram de pé. Em meio aos escombros, ficaram móveis e objetos da família. O lavrador Deusdete Almeira morava na casa, mas estava ausente quando imóvel foi demolido. A mãe dele, Valdete Silva, também morava na residência, mas estava em tratamento de saúde no momento do crime.

O delegado Nei Brito, que investiga o crime, disse que a demolição aconteceu em 30 de agosto, quando o morador prestava depoimento na delegacia após ser intimado para tratar de uma queixa prestada por um vizinho. O lavrador demorou cerca de uma hora e meia e, quando retornou, a casa já estava demolida.

O delegado disse ainda que o suspeito já foi identificado, mas prefere não dar detalhes para não atrapalhar as investigações. "Nós estamos investigando. Existem indícios fortes apontando vizinhos e vamos tentar concluir o mais rápido possível para dar uma resposta à sociedade a cerca desse crime bárbaro", declarou.

A casa está localizada na BA-262, a 8 km de Vitória da Conquista. O terreno é de três hectares e foi uma herança deixada pelo pai de Deusdete, que já morreu. "A todo modo, eu tenho a escritura do terreno da casa. Eu não saio daqui enquanto não ser apurado o caso", afirma o lavrador.

A aposentada Valdete Silva também lamenta a destruição da casa da família. "Muito triste. Mas o que eu posso fazer? Só posso entregar a Deus", diz.

Ainda segundo o delegado Nei Brito, o responsável pela destruição do imóvel pode responder por dano ao patrimônio qualificado. A pena é seis meses a três anos de prisão.

Por Redação GN | Fonte: G1-BA
Compartilhe no G+

Editor Chefe: GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do Portal GN; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor da mensagem.

0 comentários: