Eliminatórias: Seleção Brasileira vence a Colômbia e entra no G4; veja os melhores momentos


Alô, Uruguai? O Brasil está chegando! Na noite desta terça-feira (6), na Arena Amazônia, em Manaus, a seleção brasileira conquistou sua segunda vitória sob o comando do técnico Tite ao passar pela Colômbia pelo placar de 2 a 1. De quebra, subiu para a vice-liderança das Eliminatórias Sul-Americana para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Miranda e Neymar marcaram os gols da vitória canarinho. Marquinhos, contra, fez para os colombianos.

O Brasil ainda precisará secar o Equador, que está empatando com o Peru, para confirmar a segunda colocação. A seleção tem 15 pontos, contra 16 do Uruguai. Argentina coma 15, enquanto a equipe equatoriana fecha o G4, com 14. A Colômbia aparece em quinto, na vaga da repescagem, com 13.

COMEÇO ARRASADOR, MAS...
A alegria de vestir a camisa da seleção brasileira está no rosto dos jogadores comandados pelo técnico Tite. A motivação, inclusive, aumentou muito com a vitória em cima do Equador em Quito, por 3 a 0. Na estreia do treinador em solos brasileiros, a torcida compareceu em peso na Arena Amazônia, e Daniel Alves foi escolhido para liderar a equipe dentro das quatro linhas, com a braçadeira de capitão.

Esse todo entusiasmo ficou ainda mais evidente no primeiro ataque da seleção brasileira. Em cobrança de escanteio, Neymar colocou a bola na cabeça de Miranda. O zagueiro testou firme, e não deu chances para o goleiro Ospina defender, 1 a 0. Com o cabelo loiro, por conta do ouro olímpico, o atacante do Barcelona estava afim de jogo e, junto com Marcelo, fez os jogadores da Colômbia dançarem pelo lado esquerdo de campo, com belos gingados e dribles secos.

O time colombiano adiantou sua marcação e foi equilibrando as ações. Marcelo ainda tinha uma avenida pela frente e era a melhor opção no ataque brasileiro. O lateral teve a sua oportunidade, mas chutou para fora. Neymar também, após receber de Gabriel Jesus, e dar uma furada daquelas. Coube então à Renato Augusto obrigar grande defesa de Ospina. Paulinho chegou a marcar, aproveitando lançamento do craque do Barcelona, mas o árbitro pegou mão do ex-corintiano e mostrou o cartão amarelo, corretamente.

A Colômbia não estava morta e mostrou sua força aos 35 minutos, em sua primeira chegada ao ataque. James Rodríguez colocou a bola, em cobrança de falta, na marca do pênalti. Marquinhos antecipou Carlos Sánchez e acabou cabeceando contra o próprio gol, 1 a 1. O Brasil ainda respondeu em uma bela jogada de Gabriel Jesus, que fez o pivô para Neymar chutar com força. Ospina assegurou o empate nesses primeiros 45 minutos.

O GIGANTE ACORDOU!
Os times voltaram para a segunda etapa sem nenhuma mudança, mas a superioridade que o Brasil teve no primeiro tempo desapareceu. É bem verdade que a seleção de Tite perdeu uma grande chance com Paulinho. O ex-corintiano chegou bem na área, mas não conseguiu finalizar. A equipe colombiana dividiu o protagonismo no segundo tempo. Bacca apareceu livre no lado direito e chutou nas redes, pelo lado de fora.

O jogo ficou amarrado passado os dez minutos e Tite resolveu jogar para a torcida. Gritos de Coutinho soaram pelo estádio, e lá veio o jogador do Liverpool para o delírio da galera. O ex-vascaíno entrou no lugar de Willian e foi fundamental na construção da jogada do segundo gol. Gabriel Jesus dividiu com o defensor colombiano, e a bola sobrou para Coutinho, que deu linda assistência para Neymar. No melhor estilo Romário, o camisa 10 deu de bico para o gol.

O gol fez o Brasil crescer novamente no jogo e pressionar a equipe colombiana. Coutinho teve a chance de fazer o terceiro, mas demorou para chutar e acabou acertando o zagueiro. Na cobrança de escanteio, Marquinhos jogou para fora.

Antes do apito final, Tite ainda chamou mais um jogador de sua confiança. Taison entrou no lugar de Gabriel Jesus e ajudou a administrar a vantagem brasileira. A Colômbia ensaiou uma pressão no fim, mas parou na raça de uma renovada seleção.

PRÓXIMOS JOGOS
Na próxima rodada, o Brasil enfrenta a Bolívia no dia sete de outubro, na Arena das Dunas, em Natal. A Colômbia pega o Paraguai no mesmo dia, em Assunção.

Veja os melhores momentos

               

Por Redação AEC | Fonte: AFI / Vídeo: Sempre Futebol
Compartilhe no G+

GN OnLine

Os comentários não representam a opinião do GN Online; a responsabilidade é única e exclusivamente do autor do comentário.

0 comentários: